Festival de Málaga. Sección Afirmando los Derechos de las Mujeres (18)



Prazos

06 Jun 2024
Convocatória

15 Nov 2024
Prazo final

4
mês

20 Jan 2025
Data de Notificação

14 Mar 2025
23 Mar 2025

Endereço

Ramos Marín ,  29012, Málaga, Málaga, Spain


Descrição do festival
Temática: Mulher
Festival de curtas-metragens
Festival de longas metragens


Requisitos do festival
 Festival de Cinema
 Ficção
 Documentário
 Animação
 Fantástico
 Terror
 Experimental
 Music Video
 Outro
 Qualquer gênero
 Temas
 SEM taxas de envio
 Festival Internacional
 Localização física
 Janeiro 2024
 Países de produção: Requerido
 Países de gravação: Qualquer um
 Nacionalidades do diretor: Qualquer um
 Filmes de estréia 
 Projetos escolares 
 Curtas-metragens 
 Longa-metragem 
 Idioma 
Spanish
 Legendas 
Spanish English
Compartilhar em Redes Sociais
 Facebook 
 Tweet





Photo of Festival de Málaga. Sección Afirmando los Derechos de las Mujeres
Photo of Festival de Málaga. Sección Afirmando los Derechos de las Mujeres

Photo of Festival de Málaga. Sección Afirmando los Derechos de las Mujeres
Photo of Festival de Málaga. Sección Afirmando los Derechos de las Mujeres

Spanish
English
Portuguese ML


Início do Festival: 14 Março 2025      Fim do Festival: 23 Março 2025

AFIRMANDO OS DIREITOS DAS MULHERES é um projeto que surgiu do Festival de Málaga, Mabel Lozano (documentarista e colaboradora do Festival) e da Área de Igualdade de Oportunidades da Câmara Municipal de Málaga como ferramenta de protesto. Esta seção foi criada com o objetivo de explorar e lidar com questões que contribuem para a conscientização social sobre os direitos das mulheres a cada ano.

Esta seção do Festival de Málaga nasceu em 2008, sendo esta sua 18ª edição. O projeto foi concebido com um duplo propósito: informar sobre as injustiças que as mulheres ainda sofrem neste século pelo simples fato de serem mulheres e incentivar e apoiar o trabalho cinematográfico criado por mulheres.

CONDIÇÕES GERAIS DE PARTICIPAÇÃO | 28º FESTIVAL DE MÁLAGA

OBJETIVOS

O Festival de Málaga visa divulgar e promover a cinematografia espanhola e toda a sua esfera cultural. Nesse sentido, o Festival também é uma plataforma para a cinematografia ibero-americana. Entre suas funções, destaca-se a de sediar o encontro dos vários setores profissionais do cinema em espanhol (entendido como tal o cinema produzido na Espanha e em todo o território ibero-americano, incluindo Portugal), promovendo seu desenvolvimento e sua comercialização internacional.

Para cumprir esses objetivos, o Festival de Málaga celebrará sua 28ª edição de 14 a 23 de março de 2025.

AFIRMANDO OS DIREITOS DAS MULHERES é um projeto que surge das mãos do Festival de Málaga, Mabel Lozano (documentarista e colaboradora do Festival) e da Área de Igualdade de Oportunidades da Câmara Municipal de Málaga como ferramenta de protesto. Este espaço foi criado para explorar e discutir a cada ano tópicos que contribuem para a conscientização social sobre os direitos das mulheres.

Esta seção do Festival de Málaga nasceu em 2008, sendo esta sua 18ª edição. O projeto foi concebido com um duplo propósito: informar sobre as injustiças que as mulheres continuam sofrendo neste século pelo simples fato de serem mulheres e promover e apoiar trabalhos cinematográficos criados por mulheres.

Em Afirmando os Direitos das Mulheres, pudemos tornar visíveis as realidades das mulheres em diferentes países ao redor do mundo e ver como, ainda hoje, existem vários lugares onde a luta pela vida é um objetivo diário para muitas mulheres e meninas. Onde tradições e padrões culturais impedem a realização pessoal e social de direitos iguais para meninas e mulheres em relação aos homens, etc.

CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO

Os trabalhos em competição na seção Afirmando os Direitos da Mulher devem atender aos seguintes requisitos:

Longas-metragens de no mínimo 50 minutos produzidos na Espanha e em todo o território ibero-americano após 1º de janeiro de 2024, que não tenham sido lançados comercialmente em cinemas, vídeos, televisão, eventos audiovisuais na Espanha ou plataformas VOD (vídeo sob demanda).
Filmes de média-metragem e curtas-metragens produzidos na Espanha e em todo o território ibero-americano após 1º de janeiro de 2024, que não foram lançados comercialmente em cinemas, plataformas de vídeo, televisão ou VOD (vídeo sob demanda).
Serão valorizados os trabalhos que refletem a realidade das mulheres em situações em que ainda existem obstáculos ao desenvolvimento em condições de igualdade com os homens; ou situações de discriminação e vulnerabilidade dos direitos humanos em relação às mulheres e/ou meninas; experiências inovadoras de empoderamento e combate à exclusão social de mulheres e meninas, bem como trabalhos que promovam e/ou reflitam o progresso na igualdade de oportunidades entre homens e mulheres, que tornam visíveis o trabalho e as conquistas de mulheres em diferentes áreas que não são reconhecidas socialmente ou que fazem visível a contribuição para cuidar do meio ambiente que está sendo feita por meio do Ecofeminismo; Trabalhos que refletem a contribuição dos homens para a conquista da igualdade de gênero, da corresponsabilidade e da conciliação da vida pessoal, profissional, familiar etc. também serão valorizados.

Será valorizado que, nesses trabalhos, a direção, o roteiro e/ou a produção da obra audiovisual tenham sido realizados por mulheres, devido à sua sub-representação na indústria cinematográfica.

PROCESSO DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO

REGISTOS

Para participar da 18ª edição da Afirming Women's Rights, é obrigatório se cadastrar e preencher o formulário de inscrição, exclusivamente por meio do FESTHOME (www.festhome.com), antes das seguintes datas:

-15 de novembro de 2024

Para se cadastrar corretamente, você deve primeiro criar um perfil no FESTHOME, registrar o filme na referida plataforma e, finalmente, registrá-lo na Afirmação dos Direitos da Mulher (Festival de Málaga). O simples fato de enviar o filme para a plataforma FESTHOME não implica que ele esteja registrado no Festival de Málaga, Afirmando os Direitos das Mulheres. Para isso, é necessário o cumprimento de todos os requisitos indicados acima.
Se as informações não forem preenchidas, os filmes serão excluídos do processo de seleção.

REQUISITOS DOS AUDIOVISUAIS SELECIONADOS

O convite para cada um dos filmes selecionados pelo comitê de seleção será estritamente confidencial entre sua administração e os produtores ou representantes do filme convidado até que o Festival decida anunciá-lo oficialmente.

Uma vez que a seleção de um audiovisual é comunicada pelo Festival e sua participação também é confirmada pela produtora/distribuidora que o registrou, ele não pode ser retirado e, a partir desse momento, esse audiovisual não poderá competir, ser exibido ou apresentado em outros locais. Festivais espanhóis ou eventos similares, antes de sua exibição em Málaga.
Esta última proibição não se aplica a nenhuma das categorias de curtas-metragens.

A inscrição de um filme na 28ª edição do Festival de Málaga implica a total aceitação e conformidade com estas Regras de Participação e seus possíveis anexos.

DIREITOS DE PROGRAMAÇÃO E EXIBIÇÃO

Durante a duração do concurso, nenhum filme inscrito em nenhuma das seções pode ser exibido por mais de um total de 5 exibições, incluindo exibições reservadas para a imprensa. Nesse sentido, as produtoras transferirão os direitos de sua exibição pública durante o Festival sem nenhum custo para o Festival e estarão isentas do pagamento de taxas de exibição. Para qualquer exibição adicional, o Festival deve obter autorização prévia por escrito do produtor ou, na falta disso, de seu representante designado.

O signatário do pedido de registro da obra audiovisual declara deter os direitos de reprodução, comunicação pública, divulgação e exibição para sua exploração comercial e participação pacífica no Festival de Málaga, isentando Málaga Procultura de qualquer responsabilidade derivada de falsidade, inconcreção ou violação dessa obrigação, e respondendo pelos danos e perdas que qualquer uma dessas situações possa causar.

Da mesma forma, o signatário do pedido declara expressamente ter todas as licenças, autorizações e autorizações administrativas para a participação pacífica da obra audiovisual no Festival, observando e comprometendo-se a observar todas as formalidades administrativas que são obrigatórias de acordo com os regulamentos. Aplicação atual.

A Málaga Procultura reconhecerá o signatário do pedido de inscrição como o único interlocutor para negociar todos os aspectos relacionados à participação da obra audiovisual no Festival e como o único responsável por outras empresas ou pessoas que possam ter participado da produção do filme.

A organização se reserva o direito de incorporar ao arquivo do Festival uma cópia dos audiovisuais vencedores para usos culturais sem fins lucrativos.

VERSÕES

Todas as cópias de projeção dos audiovisuais selecionados nas diferentes seções do Festival serão apresentadas na versão original, e aquelas cujo idioma original não seja o espanhol (no todo ou em parte) devem incluir legendas nesse idioma.

Para promover o cinema inclusivo, os trabalhos selecionados serão apresentados em sua versão original com legendas também em espanhol, mesmo que o audiovisual seja falado em espanhol.



FORMATOS DE PROJEÇÃO

Os audiovisuais selecionados em todas as seções devem inscrever a cópia de exibição no formato DCP.
As cópias de projeção no Pacote de Cinema Digital (DCP) devem estar em conformidade com os regulamentos do DCI e permanecerão na posse do Festival de Málaga até a conclusão da última exibição programada no Festival. Além disso, a empresa que registrou o filme selecionado deve certificar o bom funcionamento da cópia (sincronização de áudio/vídeo, cores, etc.), testando-a antes de enviá-la para Málaga. Essa empresa também fornecerá ao departamento técnico os KDMs necessários (com uma janela mínima disponível de 48 horas antes do passe e 24 horas depois), assumindo as despesas decorrentes de sua geração, bem como o gerenciamento de novos KDMs. (ou DKDMs), se necessário.
O Festival se reserva o direito de não aceitar cópias que, após as verificações técnicas necessárias, não sejam adequadas para exibição, fornecendo um relatório técnico aos representantes do filme e solicitando uma nova cópia.
CIRCULAÇÃO DE CÓPIAS

Os selecionados devem enviar a cópia do filme para o festival antes de 31 de janeiro de 2025, escolhendo um dos seguintes métodos:
• Envio físico do DCP junto com um arquivo digital que pode ser usado como cópia de backup.
O pagamento dos custos de envio (apólice de transporte e seguro) causados pelo envio do local de emissão da cópia de cada audiovisual selecionado para participar de qualquer uma das seções do Festival até seu depósito de cópias será de responsabilidade das empresas produtoras. No caso de filmes participantes, as produtoras devem entregar as cópias de exibição ao Festival antes de 31 de janeiro de 2025 e devem notificar a Organização da data de emissão da cópia e do meio de transporte utilizado.
Todas as cópias dos audiovisuais participantes devem indicar as informações para sua devolução. Esses reembolsos serão feitos dentro de um período máximo de quinze dias a partir da data de término do Festival. O pagamento dos custos de transporte causados por essa devolução será de responsabilidade do Festival.
O seguro contratado pelo Festival cobre os riscos de incêndio, perda, roubo, danos e destruição da cópia pelo período entre sua chegada ao Festival e sua devolução ao endereço de devolução indicado. O período máximo para fazer qualquer reclamação em relação a uma cópia será de três meses a partir da data de devolução.
• Envio digital do DCP para um FTP habilitado para tal uso pelo Festival. Nesse caso, o DCP deve ser hospedado sem compressão, não aceitando arquivos ZIP ou RAR, antes de 31 de janeiro de 2025. Além do DCP, um arquivo digital também deve ser hospedado como backup, em H264, que não exceda 50 GB e com legendas (SRT) em inglês e espanhol e com resolução mínima em full HD.
A organização destruirá esses arquivos quando a edição for concluída.
Depois que esse método de envio for comunicado ao departamento de gerenciamento de cópias (sempre antes de 31 de janeiro), os dados de acesso ao FTP serão fornecidos.
Se você deseja ter uma visualização técnica na sala durante o festival, isso pode ser solicitado antes de 17 de fevereiro através do endereço de e-mail: gestiondecopias@malagaprocultura.com Após esta data, as visualizações técnicas não podem ser solicitadas.

JÚRI

O júri da seção Afirmando os Direitos das Mulheres será composto por: a Área de Igualdade de Oportunidades da Câmara Municipal de Málaga; o Instituto da Mulher; a diretora Mabel Lozano; a revista Mujer Hoy e o Festival de Málaga, cujas decisões serão finais e não devem ser justificadas. Esse júri pode sofrer algumas mudanças. Pessoas com interesses na produção, distribuição ou qualquer outro tipo de exploração ou participação com os filmes selecionados para competição não podem fazer parte do júri.
O júri pode conceder, junto com os prêmios oficiais, até 2 menções especiais.
O júri pode conceder no máximo dois prêmios ex aequo.
Os prêmios em todas as categorias não podem ser declarados nulos.
O júri se compromete a não expressar publicamente suas considerações sobre a seleção de filmes para os quais eles devem emitir suas decisões.

A Gestão do Festival de Málaga pode estar presente, com voz, mas sem voto, nas deliberações e comunicações do júri.
COMPENSAÇÕES DE IMAGEM

A mera participação no Festival de Málaga em cada uma de suas seções permitirá que as empresas de produção/distribuição insiram o logotipo do Festival e afirmem os direitos das mulheres no cabeçalho dos audiovisuais, com a indicação 'Edição 28'. O referido logotipo e legenda também podem ser incluídos em todas as inserções na imprensa escrita, assim como essa participação pode ser expressamente mencionada nas diferentes mídias audiovisuais nas quais a publicidade do filme é incluída antes do Festival ou durante sua celebração. Para a inserção correta do logotipo, que em nenhum caso pode ser alterado ou adaptado, você pode consultar o manual de estilo do Festival em www.festivaldemalaga.com ou, em caso de dúvida, entrar em contato com a organização.

CATÁLOGO E DOCUMENTAÇÃO

Assim que um audiovisual for confirmado para participar do festival, um formulário on-line exclusivo será enviado para cada filme, que deverá ser preenchido com o conteúdo necessário para sua programação.
A documentação solicitada pelo festival para o catálogo oficial, guia de programação e site (sinopse, biofilmografia, ficha artística e técnica, fotografias do diretor e do filme, trailers e outros materiais audiovisuais) será retirada deste formulário, que deve ser preenchido até 31 de janeiro.

MATERIAL DE IMPRENSA E PROMOCIONAL
O Departamento de Imprensa do Festival entrará em contato com as respectivas empresas de produção e/ou distribuição dos filmes selecionados para supervisionar e coordenar os materiais incluídos no formulário de seleção, e aos quais a mídia e os credenciados terão acesso através da “Sala de Imprensa” da Web.

As empresas produtoras e/ou distribuidoras dos longas-metragens, documentários e curtas-metragens selecionados autorizam, aceitando sua participação, o uso de um ou mais fragmentos de seu título para divulgação como material informativo em qualquer mídia.

PROVISÕES ADICIONAIS

Essas bases de participação podem ser complementadas ou modificadas pela Administração do Festival com quaisquer outros anexos que considere apropriados, antes da data de início da 28ª edição do Festival de Málaga e após comunicação prévia às partes interessadas.
Sua interpretação será de responsabilidade exclusiva da Administração do Festival.

CONTATO
ÁREA DE IGUALDADE DE OPORTUNIDADES DA PREFEITURA DE MÁLAGA
C/ Concejal Muñoz Cerván, 3. Módulo 3, 2ª Planta.
29003 - Málaga (Espanha)
Telf.: 951 926006
Correio electrónico: cine.areaigualdad@malaga.eu


  

 
  

Descubra grandes filmes e festivais, um clique de distância

Registrar
Login